Bem e Mal

Luiz Roque é poeta e contista - email: luizcroque@ig.com.br
A poesia abaixo está publicada no seu livro "Betelgeuse" (Casa do Novo Autor Editora  - 2003).


Não queira mal ao mal, 
porque no mal há bem; 
nem muito bem ao bem, 
que todo bem tem mal.

Que o mal é apenas mal,
que o bem é sempre bem,
é crença que faz mal
a quem quer julgar bem.

Procure entender bem
que o mal também tem bem;
E não compreenda mal 
que o bem também tem mal. 

Se um tal tipo de mal
lograrmos contra o mal
teremos feito (e bem) 
um grande bem ao Bem. 

 

Voltar